UA-148377723-3
top of page

MQTT e a conexão dos dispositivos em projetos de Internet das Coisas (IoT)


MQTT e a conexão dos dispositivos em projetos de Internet das Coisas (IoT)

Um dos primeiros passos para que os projetos de Internet das Coisas (IoT) sejam implementados é conectar os dispositivos. A partir dessa conexão que será possível realizar o monitoramento remoto de dados, o controle de equipamentos e a automação de processos. Nesse cenário, existe uma tecnologia, em específico, que desempenha um papel crucial no suporte à conectividade eficiente e de baixo consumo de energia em projetos de IoT, é o MQTT (Message Queuing Telemetry Transport). Já ouviu a respeito? É sobre essa tecnologia que vamos falar nesse artigo. Então, se você planeja implementar um projeto IoT, continue a leitura e descubra qual é o papel do MQTT nesse processo.


O que é MQTT?


O MQTT é um protocolo de comunicação leve e de código aberto projetado para aplicações de IoT e máquina a máquina (M2M). Desenvolvido pela IBM na década de 1990, o MQTT foi pensado para ser simples, confiável e eficiente em termos de largura de banda e consumo de energia. Sua natureza leve o torna ideal para dispositivos com recursos limitados, como sensores e atuadores, que são comuns em projetos de IoT.


Como funciona o protocolo MQTT?


O protocolo MQTT opera no modelo de publicação e assinatura (Publish/Subscribe), onde os dispositivos conectados enviam e recebem mensagens através de um intermediário centralizado chamado de "broker". Os dispositivos que desejam enviar informações publicam mensagens em tópicos específicos no broker, enquanto os dispositivos que desejam receber essas informações se inscrevem nesses mesmos tópicos. Essa abordagem permite uma comunicação assíncrona eficiente entre dispositivos, eliminando a necessidade de conexões persistentes e reduzindo a sobrecarga de comunicação.

Vantagens das aplicações MQTT

Eficiência Energética: Uma das principais vantagens do MQTT é seu baixo consumo de energia. A troca de mensagens é projetada para ser rápida e exigir o mínimo de recursos possível, o que é essencial para dispositivos alimentados por baterias ou com recursos limitados.

Baixa Largura de Banda: O MQTT utiliza um cabeçalho leve e mensagens compactas, resultando em uma baixa sobrecarga de dados. Isso torna a transmissão de informações rápida e eficiente, economizando recursos de rede e tornando-o adequado para ambientes com largura de banda limitada.

Confiabilidade: O protocolo MQTT possui mecanismos integrados para garantir a confiabilidade das mensagens. Caso um dispositivo conectado esteja temporariamente indisponível, as mensagens serão armazenadas no broker, e entregues assim que o dispositivo estiver de volta online, garantindo que os dados não sejam perdidos.

Flexibilidade e Escalabilidade: O MQTT é altamente flexível e pode ser usado em diferentes cenários, desde pequenos projetos residenciais até implantações em grande escala, como cidades inteligentes e indústrias conectadas.

Segurança: O MQTT possui suporte para recursos de segurança, como autenticação e criptografia de dados, garantindo que as informações transmitidas permaneçam protegidas contra acesso não autorizado.

O papel do MQTT em projetos de IoT

O MQTT desempenha um papel fundamental em projetos de IoT, permitindo a conectividade confiável e eficiente entre dispositivos inteligentes. Sua capacidade de lidar com ambientes de rede instáveis e de baixa largura de banda é especialmente valiosa em projetos que envolvem sensores e dispositivos distribuídos em áreas extensas.

Quer um exemplo prático de aplicação do MQTT em projetos de IoT? Essa é fácil, pense em projetos direcionados ao monitoramento ambiental. Sensores instalados em várias localizações podem enviar leituras de temperatura, umidade e qualidade do ar, através do protocolo MQTT, para um broker central, que distribui essas informações para outros dispositivos ou sistemas de controle.



Sensores instalados em várias localizações podem enviar leituras de temperatura, umidade e qualidade do ar, através do protocolo MQTT, para um broker central, que distribui essas informações para outros dispositivos ou sistemas de controle
Sensores podem enviar leituras de temperatura, umidade e qualidade do ar, através do protocolo MQTT, para um broker central, que distribui essas informações para outros dispositivos ou sistemas de controle

Além disso, a natureza assíncrona do MQTT permite que os dispositivos operem de forma independente, coletando e transmitindo dados conforme necessário, sem a necessidade de uma comunicação constante com um servidor central. Essa característica é especialmente útil em projetos de IoT onde o consumo de energia é crítico, como em sistemas de monitoramento ambiental em áreas remotas.

O que faz do MQTT tão importante para os projetos de IoT?

O MQTT se tornou uma tecnologia essencial para projetos de Internet das Coisas (IoT), justamente por permitir uma comunicação eficiente e de baixo consumo de energia entre dispositivos conectados. Ou seja, é uma tecnologia eficiente e que contribui, de forma geral, para que o projeto de IoT tenha um bom custo X benefício. Sua simplicidade, eficiência energética, baixa sobrecarga de dados e confiabilidade tornam-no uma escolha popular para uma ampla variedade de aplicações de IoT. Desde aplicações relacionadas à cidade inteligente (smart city) até em projetos em contextos relacionados à Indústria 4.0, o MQTT desempenha um papel crucial na conexão de dispositivos para maior eficiência dos processos.

MQTT e a Plataforma IoT low-code thingable!

Se você está envolvido em um projeto de IoT sabe que outras etapas tão importantes quanto a conexão dos dispositivos são a visualização dos dados captados, e o envio de comandos a esses dispositivos, não é mesmo?

Com a plataforma IoT low-code thingable! é possível criar, de forma ágil e intuitiva, aplicações de software para monitorar remotamente esses dados, além de receber alertas e enviar comandos para automações. A solução reúne ferramentas e widgets completos, além de templates pré-configurados para possibilitar a criação de aplicações de forma mais prática e sem a necessidade de desenvolvimento de códigos. E o melhor, ela se integra, de forma simples, com dispositivos que utilizam o protocolo de comunicação MQTT, assim como outros diversos, e em diferentes redes. A plataforma IoT thingable! é uma plataforma universal que descomplica e agiliza a entrega dos projetos de IoT.

Conheça a plataforma IoT low-code thingable!, converse agora mesmo com nossos consultores!


bottom of page