UA-148377723-3
top of page

Plataformas IoT - 5 critérios de escolha

Saiba como escolher a melhor plataforma IoT para o seu projeto


Aprenda como escolher a Plataforma IoT ideal para o seu projeto
Aprenda como escolher a Plataforma IoT ideal para o seu projeto

A Internet das Coisas (IoT) revolucionou a forma como interagimos com o mundo digital, possibilitando a conexão inteligente de dispositivos e sistemas para coletar dados e automatizar tarefas. Para se ter ideia, cerca de 57% das empresas brasileiras já possuem alguma solução de IoT em uso, segundo dados do estudo IoT Snapshot 2022. Destacamos aqui uma forte adoção de soluções IoT para o monitoramento remoto da performance de máquinas, e envio de comandos a esses equipamentos, em empresas de nichos diversos, da indústria ao agronegócio.


Para desenvolver projetos de IoT, de forma mais ágil e eficiente, muitas empresas têm adotado plataformas IoT. Essas plataformas oferecem diversos recursos em seu ambiente, além de uma abordagem visual e simplificada, permitindo a criação de aplicações de IoT com facilidade. No entanto, é essencial considerar alguns critérios cruciais ao escolher a melhor plataforma IoT para o seu projeto. Neste artigo, exploraremos cinco principais critérios e os benefícios de apostar nessas plataformas. Confira!


Critério 1: Facilidade de Uso e Intuitividade


Uma das principais vantagens das plataformas IoT é sua simplicidade de uso. Ao selecionar uma plataforma, é essencial garantir que ela seja intuitiva e fácil de entender, permitindo que usuários de diferentes níveis de habilidade possam desenvolver soluções sem dificuldades. Por isso, verifique se ela é low-code, ou seja, se possibilita a criação das aplicações de IoT sem a necessidade de grande desenvolvimento de códigos. Se possui interfaces gráficas amigáveis, experiência drag and drop, arrastar e soltar elementos, e fluxos de trabalho visuais. Dessa forma, usuários sem conhecimentos aprofundados de programação conseguem utilizá-la. O que reduz o tempo de aprendizado, proporciona mais produtividade e agiliza a entrega das aplicações.



Estudo do Gartner reforça a grande adoção de plataforma IoT low-code
Estudo do Gartner reforça a grande adoção de plataforma low-code

Critério 2: Conectividade e Compatibilidade


Outro aspecto relevante é a capacidade da plataforma IoT de se conectar a uma ampla gama de dispositivos e protocolos de comunicação. Antes de tomar uma decisão, verifique se a plataforma suporta os dispositivos que você pretende utilizar em seu projeto. Além disso, é importante que ela seja compatível com protocolos de comunicação padrão, como MQTT ou HTTP, para garantir a interoperabilidade entre os dispositivos conectados.


Critério 3: Escalabilidade e Desempenho


Ao implementar projetos de IoT, é fundamental pensar no futuro. Portanto, escolha uma plataforma IoT que seja escalável e possa lidar com um grande volume de dados e dispositivos conectados. Além disso, considere o desempenho da plataforma, pois ela deve ser capaz de processar dados em tempo real para aplicações de monitoramento e automação, garantindo respostas rápidas e eficientes.


Critério 4: Segurança e Privacidade


A segurança é uma preocupação central em projetos de IoT, especialmente quando se lida com dados sensíveis. Certifique-se de que a plataforma IoT escolhida tenha recursos robustos de segurança e criptografia, para proteger os dados durante a coleta, transmissão e armazenamento. Além disso, é essencial que a plataforma esteja em conformidade com as regulamentações de privacidade, para evitar problemas legais no futuro.


Critério 5: Suporte e Comunidade


Por fim, ao escolher uma plataforma IoT, leve em consideração o suporte oferecido pelo fornecedor. Garanta que haja um canal de suporte confiável para ajudá-lo em caso de problemas ou dúvidas durante o desenvolvimento do projeto. Além disso, verifique se a empresa oferta uma documentação, tutoriais, wiki, e conteúdos adicionais que possam apoiar você a solucionar dúvidas comuns durante a navegação.


Escolher a melhor plataforma IoT é fundamental para o sucesso de um projeto de Internet das Coisas (IoT). Agora, imagine encontrar uma plataforma IoT que reúna todos esses critérios, e que ainda seja white label, ou seja, que permita personalizações para diferentes contextos e empresas usuárias. Conheça a plataforma IoT low-code thingable! Apresentamos a você a plataforma IoT low-code thingable! uma plataforma universal para a conexão dos mais diversos hardwares, sensores e demais dispositivos inteligentes, por meio de qualquer rede e protocolo de comunicação. Uma ferramenta que possibilita a criação, intuitiva e ágil, de aplicações de software para monitoramento remoto e controle de dados.



Exemplo de aplicação criada por meio da plataforma IoT low-code thingable!
Exemplo de aplicação criada por meio da plataforma IoT low-code thingable!

Benefícios da plataforma IoT low-code thingable!


Agilidade no Desenvolvimento: Por ser low-code e possuir interfaces visuais e blocos pré-construídos, a plataforma IoT low-code thingable! permite que as equipes desenvolvam aplicações de IoT de forma mais rápida e com menor esforço.


Redução de Custos: Essa simplicidade no desenvolvimento das aplicações pode reduzir a necessidade de contratar desenvolvedores altamente especializados, resultando em economia de custos.


Integração Simples: A plataforma IoT low-code thingable! possui fácil integração com sistemas legados, tornando o processo mais fluido e menos propenso a erros.


Inovação Contínua: Com a agilidade proporcionada pela plataforma IoT low-code thingable!, é mais fácil realizar prototipagem rápida e experimentar novas ideias, o que permite a inovação contínua.


Converse com nossos consultores e conheça todas as funcionalidades da plataforma IoT Low-code thingable!



bottom of page