UA-148377723-3
top of page

Principais Indicadores de Manutenção de Máquinas Pesadas: quais são e como calculá-los


Conheça os Principais Indicadores de Manutenção de Máquinas Pesadas
Conheça os Principais Indicadores de Manutenção de Máquinas Pesadas

Manter cada máquina em pleno funcionamento é tarefa fundamental para os Gestores de Frotas em Empresas de Locação de Máquinas Pesadas. Para isso, esses profissionais precisam planejar e acompanhar os diferentes, e recorrentes, processos de Manutenções. Existem alguns Indicadores que podem facilitar essas rotinas e garantir a esses Gestores maior controle sobre o estado das máquinas.

Neste artigo, apresentaremos quais são os principais Indicadores de Manutenção de Máquinas Pesadas, métodos de cálculos e como a tecnologia pode aprimorar esses processos. Mas, antes de seguirmos, vamos relembrar alguns conceitos.

O que é Manutenção Preventiva?

A Manutenção Preventiva é um processo essencial para evitar falhas e garantir a disponibilidade contínua das máquinas. Envolve a realização de inspeções periódicas e intervenções programadas, com base no histórico de manutenção, recomendações dos fabricantes e normas de segurança. Essas ações incluem a verificação de componentes, lubrificação, substituição de peças desgastadas e ajustes necessários, com o objetivo de identificar e corrigir potenciais problemas antes que causem paradas não planejadas ou comprometam a segurança das operações.


A Manutenção Preventiva não apenas reduz os custos com reparos corretivos, mas também garante a plena performance da máquina, prolonga a sua vida útil e aumenta a satisfação dos clientes, contribuindo assim para a prestação de um serviço confiável e eficiente pelas Empresas de Locação de Máquinas Pesadas.

O que é Manutenção Corretiva?

A Manutenção Corretiva envolve a reparação de falhas ou danos nas máquinas após a sua ocorrência. Ao contrário da Manutenção Preventiva, que visa evitar problemas antecipadamente, a Manutenção Corretiva é realizada em resposta a uma falha ou mau funcionamento detectado durante o uso das máquinas. Isso pode incluir desde pequenos reparos até intervenções mais extensas, dependendo da gravidade do problema.


A Manutenção Corretiva geralmente resulta em custos adicionais, tempo de inatividade não planejado da máquina e potencial impacto nas operações do cliente. Portanto, é muito importante que as Empresas de Locação de Máquinas Pesadas planejem e executem processos eficientes de Manutenção Preventiva, além de orientarem os clientes quanto às boas práticas de uso e segurança das máquinas locadas. Dessa forma, podem reduzir ocorrências de Manutenções Corretivas, e garantir, para seus clientes, a Confiabilidade das suas máquinas.


O que são Indicadores de Manutenção de Máquinas Pesadas?

Os Indicadores de Manutenção de Máquinas Pesadas são métricas relacionadas ao funcionamento desses equipamentos, assim como aos atendimentos das ocorrências de manutenções. Eles ajudam o Gestor de Frota, em Empresas de Locação, a mensurar o desempenho das suas máquinas, a qualidade das inspeções, o tempo de atendimento, a periodicidade do serviço necessária para cada máquina, entre outros diversos dados. Os indicadores podem abranger diferentes informações, como Confiabilidade da máquina, Disponibilidade e Desempenho.


Qual a importância do acompanhamento dos Indicadores de Manutenção de Máquinas Pesadas?

Monitoramento do desempenho: Os Indicadores de Manutenção de Máquinas Pesadas fornecem uma visão do desempenho das máquinas, auxiliam na identificação de padrões e problemas recorrentes.

Tomada de decisões embasadas: Com base nesses Indicadores de Manutenção de Máquinas Pesadas, os Gestores de Frotas de Locação e os profissionais de manutenção podem planejar Manutenções Preventivas, decidir, de forma mais ágil, entre reparo ou substituição de equipamentos e otimizar cronogramas de manutenção.

Gestão dos recursos: Os Indicadores de Manutenção de Máquinas Pesadas auxiliam na gestão eficiente de recursos, incluindo aqui o deslocamento da equipe técnica para atendimentos, peças de reposição e ferramentas.

Prestação de contas: Os Indicadores de Manutenção de Máquinas Pesadas representam uma maneira clara e objetiva de comunicar o desempenho e os resultados da equipe técnica de manutenção para a gestão da Empresa de Locação, e para os clientes. Facilitam a prestação de contas, a transparência e a demonstração do valor agregado pela manutenção.

Quais são os Principais Indicadores de Manutenção de Máquinas Pesadas?

Existem diversos indicadores de manutenção que podem auxiliar a rotina dos Gestores de Frotas em Empresas de Locação de Máquinas Pesadas. Selecionamos e apresentamos abaixo os principais, confira! 

MTBF – Mean Time Between Failures

MTBF, ou Mean Time Between Failures, em tradução livre - Tempo Médio entre as Falhas.  Esse indicador mede o tempo de bom funcionamento da máquina entre a manutenção e o aparecimento de uma nova falha.

Para isso, o MTBF considera três intervalos: a primeira falha, o retorno à operação após a manutenção, e uma nova falha. A partir dele é possível prever quando uma nova falha poderá ocorrer e se planejar com antecedência para evitá-la ou reduzir os possíveis impactos.


Como calcular o MTBF?

Para o cálculo do MTBF é aplicada a seguinte fórmula:



Principais Indicadores de Manutenção de Máquinas Pesadas - Cálculo do MTBF
MTBF = (TD -TM) / P




Utilizando os seguintes dados:

Tempo Real de Disponibilidade (TD): Período em que a máquina irá operar sem precisar de nenhuma interrupção para reparo.

Tempo Total de Manutenção (TM): Período em que a máquina ficou parada por conta de manutenção e falhas.

P (Parada): Quantidade de vezes que a máquina ficou ociosa devido ao reparo.


Subtraímos o Tempo de Manutenção do Tempo de Disponibilidade, e dividimos esse valor pela Quantidade de Paradas. O resultado será o MTBF.

Exemplo: Imagine que uma máquina da Frota de uma Empresa de Locação está com disponibilidade integral de 24 horas para operar.

O equipamento foi locado e, em determinado dia de uso no cliente, ocorreram três interrupções: uma hora, duas horas e 30 minutos (0,5 horas), totalizando 3,5 horas. Portanto: MTBF = [24 – 3,5] / 3 = 6,8333 horas ou 410 minutos.

Importante: O ideal é que o MTBF esteja sempre em aumento, isso porque mostra que o processo de Manutenção Preventiva é realizado com sucesso.


 

MTTR – Mean Time to Repair

O MTTR, ou Mean Time to Repair, traduzindo - Tempo Médio de Reparo, é o tempo entre a falha e o momento em que o sistema volta a operar após a manutenção. Esse indicador está relacionado a eficiência da equipe de manutenção para efetuar o reparo da máquina.

Como calcular o MTTR?

O MTTR é calculado a partir da fórmula abaixo:



Principais Indicadores de Manutenção de Máquinas Pesadas - Fórmula de cálculo do MTTR
MTTR = TEMPO TOTAL DE MANUTENÇÃO / NÚMERO DE REPAROS

Exemplo: Seguimos imaginando a situação em que registramos três paradas da máquina (Número de Reparos) totalizando 3,5 horas (Tempo Total de Manutenção), teremos: MTTR = 3,5 / 3 = 1,1666 horas ou aproximadamente 70 minutos.

Importante: Ao contrário do MTBF, o MTTR deve ser cada vez menor. O que indica que a equipe técnica precisa de pouco tempo para realizar as Manutenções Corretivas necessárias e solicitadas pelos clientes que locaram as máquinas.


Taxa de falhas

A Taxa de Falhas é o inverso do MTBF, e é representada na fórmula pela letra grega lambda (λ):

Como calcular a Taxa de Falhas?

Para descobrir a Taxa de Falhas de uma máquina da Frota de Locação, basta dividir 1 pelo MTBF.



Principais Indicadores de Manutenção de Máquinas Pesadas - Fórmula de cálculo da Taxa de Falhas
λ = 1/MTBF





Exemplo: Ainda considerando a situação apresentada nos exemplos acima, teremos:

λ = 1 / 6,8333 = 0,1463



Disponibilidade Inerente

A Disponibilidade, também chamada de Availability, da máquina está relacionada à sua capacidade de operar seguindo o programado. Ou seja, esse indicador mede a proporção do tempo em que uma máquina da Frota de Locação está disponível para uso. Assim como o MTBF, a Disponibilidade Inerente deve estar em crescimento constante, pois isso significa que a máquina está cada vez mais disponível para ser utilizada.

Como calcular a Disponibilidade Inerente?

Para calcular a porcentagem da Disponibilidade, utiliza-se a seguinte fórmula:


Principais Indicadores de Manutenção de Máquinas Pesadas - Fórmula de cálculo da Disponibilidade
% Disponibilidade = (MTBF / MTBF + MTTR) x 100

 

Exemplo: Vamos usar novamente o exemplo que citamos nos outros indicadores acima. Se o MTBF é igual a 6,83 e o MTTR equivale a 1,16, concluímos que Disponibilidade = 6,83 / (6,83 + 1,16) x 100 = 85,48%.



Confiabilidade

A Confiabilidade, ou Reliability, é um indicador semelhante à Disponibilidade, sendo regulamentada pela NBR 5462 da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Pode ser definida como a capacidade da máquina em desempenhar uma função sob determinadas condições e dentro de um intervalo de tempo.  

Como calcular a Confiabilidade?

Confira a fórmula da Confiabilidade abaixo:


Principais Indicadores de Manutenção de Máquinas Pesadas - Fórmula de cálculo da Taxa de Confiabilidade
R (t) = e^⁻λ . t





Para realizar esse cálculo utilizamos a constante de Néper (e) - cujo valor é 2,7182, além da Taxa de Falhas como vimos anteriormente (λ) e do Período de Tempo (t) em que esperamos que o ativo cumpra suas funções.

Exemplo: Vamos considerar o intervalo (t) de 10 dias. Conforme os cálculos anteriores, já sabemos que a Taxa de Falhas (λ) é igual a 0,1463.


Dessa forma:


R (10) = e ⁻ ⁰⸴¹⁴⁶³  ̽ ¹⁰ = 58,81%


Como apresentar os Principais Indicadores de Manutenção de Máquinas Pesadas para toda a equipe?

A análise dos Principais Indicadores de Manutenção de Máquinas Pesadas não deve ficar só com a Gestão das Frotas. É de extrema importância apresentar, com clareza, esses indicadores para toda a equipe técnica. Esse é o caminho para alcançá-los. Para isso, os Gestores de Frotas podem transformar os dados em estratégias, e por meio deles mostrar ao time técnico o porquê de determinado resultado, identificar problemas e, mais do que isso, definir novas soluções para otimizar a rotina e alcançar as metas. Além de trazer segurança à equipe, essa metodologia pode abrir portas para novas ideias e melhorias.


Planilha Gratuita para calcular os Principais Indicadores de Manutenção de Máquinas Pesadas



Para ajudar aos Gestores de Frotas, no cálculo desses Principais Indicadores de Manutenção de Máquinas Pesadas, a thingable! criou a Planilha “Principais Indicadores de Manutenção de Máquinas Pesadas”, um material totalmente gratuito que faz o cálculo automaticamente e apoia o acompanhamento estratégico desses dados.

A planilha possui fórmulas prontas para calcular:  

  • MTBF

  • MTTR

  • Taxa de falhas

  • Disponibilidade

Para ter acesso é só clicar AQUI e baixar a planilha em seu computador.

Para calcular os indicadores basta substituir os números de exemplo pelas informações corretas da sua empresa. O campo ‘Fórmula’, que está presente em todos os indicadores, já vem com a fórmula correta de cada indicador, portanto não precisa alterá-lo. Só é preciso inserir os números da sua empresa que a fórmula faz o cálculo automaticamente.


Como a thingable! pode otimizar a rotina de Manutenção de Máquinas Pesadas?


Por meio da thingable! IoT Machine Care, uma Solução Completa de Telemetria e Controle Remoto de Máquinas Pesadas, os Gestores de Frotas podem monitorar online, e em tempo real, diversos dados sobre cada máquina locada e o uso pelo cliente, como:

 

  • Temperatura do motor

  • Horas de funcionamento

  • Estado da máquina e de seus componentes

  • Localização e Área de Deslocamento do equipamento

 

Informações importantes que apoiam no estabelecimento de Manutenções Preventivas mais eficientes e na redução de ocorrências de Manutenções Corretivas. Uma mudança que garante ainda maior MTBF - Tempo Médio entre as Falhas, menor MTTR - Tempo Médio de Reparo, redução da Taxa de Falhas, aumento da Disponibilidade e Confiabilidade das máquinas da Frota de Locação. Além de outros benefícios como a redução de custos operacionais para a Empresa de Locação, e a garantia da melhor experiência para o cliente.


Conheça todas as funcionalidades da thingable! IoT Machine Care e como ela já transforma a rotina das Empresas de Locação de Máquinas Pesadas.

ความคิดเห็น


bottom of page