UA-148377723-3
top of page

5 elementos fundamentais para o desenvolvimento de um Projeto de IoT

Atualizado: 23 de out. de 2023


5 elementos fundamentais para o desenvolvimento de um Projeto de IoT

Conheça os 5 elementos fundamentais para o desenvolvimento de um Projeto de IoT
No Brasil, cada dia mais empresas implementam Projetos de IoT

Empresas de todos os setores estão adotando Projetos de Internet das Coisas (IoT) para coletar dados valiosos, enviar comandos aos equipamentos, melhorar a

eficiência, e até mesmo oferecer novos serviços. Neste artigo, exploraremos o que é um Projeto de IoT, os cinco elementos principais para desenvolvê-lo e como implementá-lo. Então, se você está envolvido, ou planeja implementar um Projeto de IoT para conectar, monitorar ou automatizar o negócio, continue a leitura, vamos te ajudar a simplificar esse processo.

O Que É um Projeto de IoT?


Um Projeto de Internet das Coisas (IoT) visa criar uma infraestrutura de rede e sistemas de informação para conectar dispositivos físicos, sensores, equipamentos, “objetos” do mundo real, à Internet. E assim permitir a coleta, o processamento e a troca de dados entre esses dispositivos de maneira automatizada e autônoma. Esses Projetos de IoT envolvem a interconexão de dispositivos por meio de protocolos de comunicação, como TCP/IP, MQTT, CoAP, entre outros, e a utilização de tecnologias de comunicação sem fio, como Wi-Fi, Bluetooth, LoRa, Zigbee, 4G/5G e outras.


Principais elementos de um Projeto de IoT


1-Dispositivos e Sensores Inteligentes: Os dispositivos IoT consistem em sensores e atuadores que são capazes de coletar informações do ambiente ou executar ações com base em comandos recebidos. Sensores de temperatura, umidade, nível, vazão, etc., câmeras e medidores são usados para coletar dados relevantes.


2-Redes de Comunicação: A comunicação entre dispositivos IoT e a infraestrutura de rede é muito importante. Diferentes tecnologias de rede são selecionadas com base em fatores como alcance, largura de banda, consumo de energia e latência. Isso inclui protocolos de rede, como Wi-Fi, Zigbee, LoRa, LoRaWAN, MQTT e CoAP.


3-Gateways e Nuvem: Os dados coletados pelos dispositivos IoT são transmitidos para gateways, que funcionam como intermediadores da conexão, são pontos de acesso entre os dispositivos e a infraestrutura de nuvem. A nuvem é onde os dados são armazenados, processados e analisados. A escalabilidade e a segurança da nuvem são fundamentais para um Projeto de IoT.


4-Plataforma IoT: A plataforma IoT fornece os widgets, as ferramentas e os serviços necessários para conectar e gerenciar dispositivos, coletar dados, criar aplicativos personalizados para o monitoramento remoto das informações captadas. A thingable! atua nesse elo da cadeia de IoT, oferta ao mercado uma Plataforma IoT low-code que reúne recursos completos para um desenvolvimento ágil e simples de aplicativos.


5-Aplicativos e Serviços: Os aplicativos criados por meio de plataforma IoT possibilitam a compilação, tradução e visualização dos dados coletados pelos dispositivos IoT. Nesse ambiente também é possível monitorar remotamente, e em tempo real, o comportamento dos dados captados, realizar análises avançadas e reunir um histórico de informações. Esses aplicativos podem incluir ainda painéis de controle e sistemas de alerta e envio de comandos automatizados.


Como desenvolver um Projeto de IoT?


Passo 1: Defina os Objetivos e Requisitos

Identifique claramente os objetivos do Projeto de IoT, os dados que serão coletados e monitorados. Determine os requisitos de hardwares necessários e as métricas de sucesso.


Passo 2: Escolha os Dispositivos e Sensores Adequados

Selecione os dispositivos e sensores que atendam aos requisitos do Projeto de IoT. Nessa escolha, é importante considerar fatores como precisão, confiabilidade, consumo de energia e capacidade de comunicação dos dispositivos.

Passo 3: Configure a Rede de Comunicação

Defina a rede e protocolos de comunicação apropriados, seja LoRa, LoRaWAN, MQTT ou outros, com base na cobertura, na distância de transmissão e na quantidade de dados a serem enviados. Configure os dispositivos para se conectarem à rede e comunicarem com gateways e servidores na nuvem.


Passo 4: Crie um aplicativo para gerir os dados captados

Crie, por meio da Plataforma IoT low-code thingable!, um aplicativo para iniciar o monitoramento remoto de dados. A Plataforma IoT low-code thingable! se conecta aos mais diversos tipos de sensores, dos mais diferentes fabricantes. É agnóstica aos protocolos de comunicação e redes, ou seja, possibilita a troca de dados, e comunicação, por meio das mais diversas tecnologias seja LoRa, LoRaWAN, MQTT, ou qualquer outra. Por ser low-code, também não exige do usuário um conhecimento aprofundado de programação para a criação das aplicações.


No ambiente, o usuário encontrará templates pré-configurados para usar na criação da sua aplicação, além de widgets completos para arrastar, soltar e inserir, como desejar, em seu dashboard, recursos para a criação de mapas para geolocalização dos dispositivos monitorados, gráficos completos com diferentes visualizações, relatórios avançados e muito mais. A Plataforma IoT low-code thingable! ainda é withe label, ou seja, as aplicações desenvolvidas podem ser criadas com as cores, logos ou elementos visuais da marca de cada empresa.


Passo 5: Teste

Conduza testes para verificar a funcionalidade e a segurança dos dispositivos em campo. Analise os dados coletados e ajuste o Projeto de IoT conforme necessário.


Passo 6: Implemente

Implemente o Projeto de IoT em larga escala e veja como a Internet das Coisas (IoT) pode transformar o negócio.


Simplifique essas etapas com a thingable!


Um Projeto de IoT é uma iniciativa técnica que requer uma abordagem multidisciplinar, envolvendo eletrônica, redes de comunicação e gerenciamento de dados para criar soluções eficazes e escaláveis. Por isso, para simplificar e impulsionar os Projetos de IoT é muito importante contar com empresas especializadas. E a thingable! é a parceira ideal!


Além de ofertarmos uma Plataforma IoT low-code para possibilitar a criação, ágil e intuitiva, de aplicações para o monitoramento remoto, e em tempo real, dos dados captados, fazemos parte de um verdadeiro ecossistema de IoT. Dessa forma, apoiamos ainda mais nossos clientes, na orientação e indicação de empresas parceiras, especializadas na oferta de soluções das outras etapas da cadeia IoT, de sensores a provedores de infraestrutura de rede e comunicação. Converse agora mesmo com nossos consultores e entenda como a thingable! simplifica e impulsiona o desenvolvimento de Projetos de IoT!


bottom of page